Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘dia do meio ambiente’

Hoje, cinco de junho, é Dia do Meio Ambiente, e o Mundo Verde traz para você uma reflexão sobre seu papel como cidadão em ação no mundo.

floresta menor

Conhecem o termo “Inteligência Ecológica”? Ele é de autoria de Daniel Goleman, psicólogo americano, escritor e jornalista de ciência, autor também dos livros “Inteligência Emocional”, “Inteligência Social”, entre outros.

Depois do sucesso de seus primeiros livros, Daniel Goleman desenvolveu o  conceito de inteligência ecológica, que consiste na compreensão dos impactos ecológicos ocultos no cotidiano e na determinação de fundamental melhoria no meio ambiente.

Isabel Antunes Joffe, membro da diretoria da rede Mundo Verde, explica que o conceito de inteligência ecológica pode se traduzir na compreensão de que, independente de sermos um simples consumidor, o responsável pelas compras de uma empresa ou o diretor de produto, o conhecimento do impacto ecológico daquilo que adquirimos, fabricamos ou vendemos é essencial para tomar decisões de acordo com nossos valores e, desta forma, influenciar positivamente nosso futuro e o do planeta.

Para os consumidores, a inteligência ecológica é a chave que nos permite ditar ao mercado o que queremos e esperamos de uma empresa, respeitando os nossos valores.

Para as empresas, a inteligência ecológica significa modificar os processos industriais tendo em conta suas conseqüências ambientais.

Para o empresário do século XXI,  consiste na “transparência radical” do produto.

Deste modo, o mundo do comércio pode ir se corrigindo, não somente em nome da responsabilidade, mas também na busca do beneficio, desbloqueando o velho antagonismo entre os objetivos da empresa e os do interesse público.

lonely tree menor

O conceito de inteligência ecológica mostra que podemos e devemos atuar como jogadores ativos ao determinar o curso do planeta, da nossa saúde e do nosso destino comum.

Neste dia do meio ambiente, fica a dica do Mundo Verde para que todos os que acompanham o Blog passem a desenvolver sua inteligência ecológica, lutando para que nossas atitudes estejam de acordo com as necessidades do planeta.

Feliz dia do Meio Ambiente!

Read Full Post »

Na próxima sexta, dia 5 de junho, será comemorado o Dia do Meio Ambiente. Para entrar no clima da preservação e incentivar os cuidados com o planeta, durante esta semana o Blog Mundo Verde vai postar informações que podem colaborar com a salvação do meio ambiente.

meio_ambiente copy

Hoje vamos começar com o artigo de Isabela Antunes Joffe, correspondente do site e do informativo Mundo Verde em Nova Iorque. Isabela preparou um material super bacana falando sobre os filtros de ar natural. Confira:

Plante essa idéia no seu mundo: Filtro de ar natural

Na década de 1970, iniciou-se um projeto de pesquisa entre a Nasa (Agência Espacial Americana) e a Alca (Associação dos Empreiteiros de Paisagismo dos Estados Unidos), cujo objetivo era o de identificar as plantas que, através de suas características, ajudariam a despoluir os ambientes internos e fechados.

Já é sabido que a má qualidade do ar causa, frequentemente, problemas de desconforto e de saúde nas pessoas. Quando um percentual significativo de ocupantes de um determinado espaço apresenta sintomas persistentes (alergia, dor de cabeça, dor de garganta, irritação dos olhos e das mucosas, problemas respiratórios, tonturas, náuseas e fadiga), não atribuíveis a fatores pessoais de sensibilidade ou doença, e que desaparecem pouco tempo depois da saída de uma casa ou de um prédio, fica evidente que tais sintomas estão relacionados com a “Síndrome do Prédio ou da Casa Doente”.

Assim, lugares confinados, com pouca ou nenhuma renovação do ar, tornam-se rapidamente desagradáveis e até irrespiráveis, pela acumulação dos poluentes gerados internamente.

Tipos de agentes:

Agentes biológicos: bactérias, vírus, fungos, mofo, protozoários, algas, odores corporais.

Agentes químicos: monóxido de carbono, bióxido de carbono, bióxido de nitrogênio, ozônio, formaldeído, solventes, fumaça de tabaco e diversos outros compostos químicos voláteis.

Agentes inertes respiráveis: microfibras de amianto, de lã de vidro, fibras naturais, diversas poeiras.

Mais sobre a pesquisa

Bill Wolverton, engenheiro ambiental e ex-pesquisador da Nasa, autor do livro “Plants: how they contribute to human health and well-being” (Plantas, como elas contribuem para a saúde e o bem-estar), tem a missão de esclarecer e de ensinar como se livrar desse tipo de poluição, via plantas filtradoras do ar. Sua experiência baseia-se na base espacial Skylab, onde mais de 100 tipos de substâncias poluidoras foram encontradas dentro das naves.

Clique na foto e conheça uma história de plantas no escritório que deu certo

Clique na foto e conheça uma história de plantas no escritório que deu certo

Estas pesquisas levaram a EPA – Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (U.S. Environmental Protection Agency) a vistoriar prédios públicos (escritórios, hospitais, creches etc.), identificando mais de 900 poluentes transportados pelo ar.

Eis os elementos prevalecentes:

  1. Formaldeído (formol) – considerado altamente tóxico e cancerígeno, presente nos móveis de escritório, na fumaça de cigarros, nos gases de aquecimento e da refrigeração, nos produtos de limpeza doméstica e industrial, nas sacolas plastificadas, nos copos e materiais descartáveis, nos adesivos para carpete e materiais retardadores do fogo, nos materiais de construção, vidros, espelhos, roupas e até no papel higiênico;
  2. Benzeno – encontrado na gasolina, em tintas, em borrachas, plásticos e óleos.
  3. Xileno – Considerado cancerígeno. Ao ser inalado, este produto inflamável ocasiona irritação dos olhos, tontura, dor de cabeça e perda de consciência. Se ingerido, provoca pneumonia. As indústrias de canetas já estão retirando o xileno da composição de seus produtos, devido aos seus malefícios.
  4. TCE (Tricloroetileno ou tricloreteno) – encontrado em fontes de águas subterrâneas e águas superficiais como resíduo acumulado da atividade humana – fabrico, utilização e eliminação; tintas, tintas para impressora, monitores, seladores, vernizes, adesivos, tapeçarias, fumaça de cigarros, amoníaco, álcool e acetona (carpetes e cosméticos).

A solução do Dr. B.C. Wolverton, de Anne Johnson e Keith Bounds – especialistas e pesquisadores em fisiologia vegetal – está disponível na natureza, através de plantas de fácil cultivo em locais com pouca luz, cujos filtros naturais são capazes de neutralizar a poluição interna.

palmeira menor

As folhagens e flores estudadas possuem elevada capacidade de reter, filtrar e eliminar agentes nocivos.  Além disso, as raízes e as bactérias do solo ajudam na eliminação de vapores tóxicos.

Dentre elas, destacam-se as arecas, palmeiras-ráfis (consideradas mais eficientes), dracenas, samambaias e babosa. Para um ambiente de fumantes, por exemplo, a dracena ou o clorofito são as opções adequadas. Para ajudar a manter o ar livre dos químicos dos detergentes, os antúrios são indicados. Um colecionador de arte e de quadros deve investir nas gérberas ou crisântemos, que são despoluidoras do benzeno, bem como a hera, a palmeira chamaedorea, a espada-de-são-jorge e o lírio-da-paz.

Plantas para um ar puro (nome científico e nome comum):

  1. Chamaedorea seifritzii – Palmeira chamaedorea
  2. Hedera helix – Hera
  3. Gerbera jamesonii – Gérbera, margarida-da-áfrica, margarida-do-transvaal
  4. Dracaena “Janet Craig” –Dracenas
  5. Dracaena marginata – Dracenas
  6. Dracaena massangeana – Dracenas
  7. Sansevieria laurentii – Espada-de-são-jorge, rabo-de-lagarto, língua-de-sogra, sansevéri.
  8. Chrysantheium morifolium – Crisantemum, Crisântemo, crisântemo-da-china, crisântemo-do-japão, monsenhor.
  9. Spathiphyllum “Mauna Loa” – Lírio-da-paz, bandeira-branca, espatifilo.
  10. Dracaena “Warneckii” – Dracenas

anturio menor

ATENÇÃO:

  1. Colocar uma planta para cada dez metros quadrados.
  2. Plantá-la numa boa terra e aguardar cerca de 7 dias para sua adaptação e para iniciar o processo de  “despoluição”.
  3. Limpá-la, fazendo sua manutenção para que seu filtro natural não fique “entupido”.
  4. O excesso de plantas pode causar o efeito contrário, devido ao excesso de umidade.

MÃOS À TERRA!

Você pode embelezar sua casa ou escritório e filtrar as partículas perigosas que flutuam no ar, despoluindo o seu ambiente, principalmente no inverno, quando o tempo não permite um arejamento adequado, tornando seu ambiente mais agradável.

Deste modo, vamos nos sentir melhor, trabalhar melhor e “curtir” melhor a vida e o nosso mundo!

É a nossa saúde, é o nosso Bem-Estar!

Read Full Post »