Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘produtos’

No dia do nutricionista falamos um pouco sobre os alimentos funcionais, que são ricos em valor nutricional e fazem muito bem à saúde, prevenindo uma série de doenças.

Os alimentos funcionais podem ser consumidos sem a necessidade de uma supervisão médica, porque não são considerados medicamentos. Mas caso você queira adequar os alimentos funcionais à sua dieta, pode consultar um nutricionista para saber exatamente quando e quanto comer, de acordo com seu estilo de vida e necessidades nutricionais.

As lojas da Rede Mundo Verde têm uma vasta gama de produtos considerados alimentos funcionais, confira alguns abaixo:

Suco de Uva Rossoni

suco de uva rossoni pequeno. JPG

As uvas escuras, os vinhos tintos orgânicos e os sucos de uva são ótimas fontes de polifenóis, flavonóides, quercetina, resveratrol e antocianinas – substâncias de ação antioxidante. A sugestão de consumo são 200ml do suco de uva integral ao dia.

Farinha de Banana Verde Dona Mari

Farinha de banana verde

A banana verde é considerada um alimento funcional por apresentar amido resistente, uma fibra alimentar, em grandes quantidades. Essa fibra tem função prébiotica, ou seja, é fermentada por bactérias benéficas da microbiota intestinal.

A farinha de banana verde não contém glúten. Pode ser usada como alternativa à farinha de trigo no preparo de pães e massas ou ainda adicionada a sucos e é uma ótima opção de consumo para celíacos.

Castanha do Brasil Agtal

castanha do Brasil

A castanha do Brasil é fonte de gorduras insaturadas, do tipo ômega 3, vitaminas e minerais antioxidantes, além de proteínas. É uma excelente fonte de selênio.

A sugestão de consumo é de uma castanha do Brasil ao dia. É uma boa opção de lanche no meio da manhã.

Para quem gosta de experimentar coisas novas na cozinha, aqui no Blog nós já postamos uma receita de farofa funcional, feita pela nutricionista Flávia Morais.

Vá até a loja Mundo Verde mais próxima e experimente um desses produtos! Depois deixe seu recado aqui no Blog, queremos saber sua opinião!

Read Full Post »

Na última sexta-feira, 14 de agosto, o programa Globo Repórter da Rede Globo, falou sobre os benefícios da linhaça para emagrecer com saúde (veja a matéria aqui).

O assunto aumentou consideravelmente a procura pelo produto e trouxe uma série de questões que achamos relevantes sobre o consumo deste grão que traz tantos benefícios e ajuda a equilibrar o funcionamento do organismo.

Linhaça dourado ou marrom, qual a melhor opção de consumo?

Linhaça dourado ou marrom, qual a melhor opção de consumo?

Já falamos da linhaça em outros posts, mas vamos aproveitar para retomar o tema com um material desenvolvido especialmente sobre o assunto pela nutricionista da Rede Mundo Verde Flávia Morais. Confiram:

Quais os benefícios do consumo da linhaça?

A linhaça é considerada um alimento funcional por ser fonte de ômega 3, fibras e lignana. Estudos comprovam seus efeitos no controle e prevenção de risco de doenças cardiovasculares. Atua na diminuição dos sintomas de TPM e as fibras auxiliam no controle de peso e regularização do intestino.

Ela realmente ajuda na prevenção e combate de diversas patologias?

Sim. Estudos comprovam os efeitos benéficos do consumo regular de linhaça.

O ômega 3 é uma gordura insaturada, aliada a saúde do coração. Estudos mostram que o consumo de linhaça reduz o colesterol total e o LDL colesterol e a pressão arterial confirmando seu efeito cardioprotetor. Tem efeito antiinflamatório, podendo ser usado no tratamento de artrite e dermatite. Sua ação antioxidante o faz potente contra a formação de placas de ateroma, além de reforçar o sistema imunológico.

Coadjuvante no tratamento da depressão, melhora as funções mentais de idosos e de pessoas com problemas de conduta (esquizofrenia). Estudos demonstram que o ômega 3 presente na linhaça atua na prevenção de demência e mal de Alzheimer.

A lignana atua no combate a sintomas de TPM e também protege contra câncer de mama e próstata.

Estudos com mulheres mostram o papel da linhaça na manutenção da saúde óssea e também seu efeito na redução de risco de câncer hormônio dependente. Auxiliam no combate a sintomas da TPM e menopausa e a prevenir o surgimento de câncer de mama, principalmente se combinadas as isoflavonas da soja.

As fibras da linhaça auxiliam na perda de peso, pois absorvem água, formam um gel que retarda o esvaziamento do estomago aumentando a saciedade, esse gel aumenta o volume do bolo fecal, regulariza o funcionamento do intestino e previnem o câncer coloretal e ainda auxilia no controle das taxas de glicose sanguíneas, diminuindo o risco de diabetes.

Existe algum tipo de diferença entre a linhaça marrom e a dourada?

A linhaça marrom, nativa da região mediterrânea, já está adaptada ao solo brasileiro, e ao clima quente e úmido. Apresenta casca uma pouco mais dura e resistente, o que pode diminuir a biodisponibilidade dos seus nutrientes.

A linhaça dourada cresce em climas frios. Geralmente é importada do Canadá. Tem a casca mais fina e seu sabor é mais suave do que o da linhaça marrom.

Estudos já demonstram que não existe diferença significativa na atividade antioxidante e quantidade de nutrientes nos dois tipos de linhaça. Os dois tipos tem teores similares de omega 3.

Qual a ingestão diária recomendada? Qual a forma ideal para consumi-la?

Normalmente 3 colheres de sobremesa/dia. A linhaça pode ser acrescentada em frutas, iogurtes, saladas, sucos, vitaminas, sopas e em preparações como bolos, tortas e massas de pães. Também pode substituir o óleo ou gordura utilizada em uma receita.

Os benefícios da linhaça são observados quando ela é consumida triturada, já que a mesma passa sem sofrer digestão no trato gastrointestinal porque sua casca é resistente à ação do suco gástrico. Um modo fácil de quebrar as sementes é passá-las em um liquidificador na tecla pulsar, para que não vire pó. Guardar em pote bem fechado no refrigerador, e ao abrigo da luz por até 3 dias. Também pode ser utilizada no último cozimento do feijão ou sopa.

produtos_e3mkt

A linhaça pode ser encontrada nas seguintes formas:

– Semente: grão intacto, fonte de ômegas 3 e 6, lignanas e fibras. Para que estes nutrientes possam ser absorvidos deve ser triturada ou moída. Lembrando que os ômegas se oxidam facilmente, então depois de triturada a linhaça deve ser guardada em pote bem fechado, opaco e sob refrigeração por até 3 dias.
A semente também pode ser germinada e adicionada a sucos verdes.

– Farinha: é obtida através dos grãos de linhaça torrados e moídos. Boa fonte de fibras, mas como a maioria é parcialmente desengordurada, tem menor teor de ômegas 3, 6 (gorduras) e de lignanas se comparada a semente inteira.

– Óleo: é extraído da prensa das sementes de linhaça, rico em ômega-3. Fonte ainda de omega 6 e omega 9. Prefira os 100% integrais e naturais, obtidos por uma única prensagem a frio, sem aditivos ou solventes. A exposição ao calor, à luz e ao oxigênio provoca oxidação dos óleos, por isso é importante escolher os não refinados embalados em garrafas à prova de luz (opacas).

Cápsulas: uma forma de suplementar a dieta com ômega 3. O óleo de linhaça é encapsulado, tornando mais prática sua administração. Como qualquer alimento encapsulado, precisa de registro no Ministério da Saúde que garanta sua qualidade.

A linhaça ainda pode ser encontrada na composição de barras de cereais, biscoitos, bolos, granolas.

Estudos demonstram que não existe diferença significativa na quantidade de nutrientes entre os dois tipos de linhaça.

Estudos demonstram que não existe diferença significativa na quantidade de nutrientes entre os dois tipos de linhaça.

Caso tenha mais dúvidas sobre o consumo de linhaça e seus benefícios ligue para o Alô Nutricionista, telefone 0800-022 25 28 ou entre em contato pelo e-mail alonutricionista@mundoverde.com.br.

Você também pode deixar comentários com suas questões! Quem sabe uma de suas dúvidas não vira assunto de um post? Além disso, se você souber uma receita especial que leve linhaça, mande pra gente para que possa ser publicada aqui no Blog!

Read Full Post »

Em um texto publicado no site oficial da Rede Mundo Verde, Isabela Antunes Joffe fala sobre os cuidados que devemos ter na escolha dos cosméticos e produtos de beleza. Intitulado “Diga não aos ingredientes sintéticos e tóxicos nos produtos cosméticos” o artigo destaca a importância e o cuidado necessários na escolha de produtos que servem para o cuidado da pele e do cabelo.

japonesa cosméticos

Para ser ecologicamente correto não basta se alimentar bem e de forma sustentável e por isso estamos sempre alertando para a necessidade de levarmos a luta por um Mundo mais Verde para todas as esferas da nossa vida.

Confira alguns trechos do artigo de Isabela sobre o assunto:

A primeira coisa que se deve verificar na embalagem, ao comprar um cosmético, seja um creme ou um xampu, é se há autorização ou o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Toda a informação contida no rótulo deve obedecer à International Nomenclature of Cosmetic Ingredient (INCI), um sistema internacional que permite classificar de modo padronizado os mais de 12 mil ingredientes que podem entrar na composição de um cosmético.

Geralmente o primeiro ingrediente a aparecer é a água, porque é quase sempre um dos maiores constituintes. Um creme hidratante, por exemplo, leva cerca de 90%. Algumas empresas utilizam a destilada (puríssima) e outras a termal (mineral).

Em relação aos hidratantes, é importante prestar atenção ao tipo de óleo que o produto tem como princípio ativo. As alternativas são os óleos minerais ou os vegetais. Os óleos vegetais são extraídos de plantas, como os de amêndoa, oliva, semente de uva, milho e soja. Já os minerais são derivados de petróleo e são mais baratos. Diferentemente dos vegetais, estes não penetram na derme, apenas lubrificam a superfície e dão a sensação de hidratação.

A pele humana não reconhece o óleo mineral. Eles costumam deixar a pele oleosa e não hidratada, podendo haver o aparecimento de acne. Além disso, a produção desse óleo libera gás carbônico na atmosfera e interfere na camada de ozônio.

É preciso estar atento também aos conservantes, pois podem trazer malefícios à saúde. Os parabenos são os mais antigos. Eles penetram na pele e se depositam nas glândulas, indo direto para a corrente sanguínea e alterando os níveis de estrogênio. Não devem ser usados, de modo algum, por gestantes, lactantes, crianças e pacientes sob diversos tratamentos, como câncer, reposições hormonais e terapias crônicas.

Muitos outros nomes aparecem no rótulo, a maioria referindo-se a produtos utilizados para estabilizar os cosméticos. Teoricamente, esses produtos não têm uma toxicidade significativa, porque serão aplicados sobre a pele. Mas a maior parte das pessoas deve ter atenção e saber identificar algum tipo de ingrediente a que seja alérgico. Caso use um produto e algum problema surja, é importante consultar um dermatologista para tentar identificar o componente a que é alérgico.

Confira também alguns lançamentos de produtos cosméticos que já estão nas lojas do Mundo Verde:

Chantillys Hidrantantes Nature Frangance Pro Aloe

Chantily Hidratante Pro Aloe

Os chantillys hidrantantes Pro Aloe são enriquecidos com Aloe vera, uma planta muito conhecida no Brasil pelo nome de “babosa”. Essa planta é usada há séculos devido às suas propriedades medicinais ligadas à beleza, saúde e cuidados da pele e cabelos.

Loções Top Frangance Pro Aloe

Loção Top Fragance Pro Aloe

Um hidratante perfumado de longa duração que proporciona intensa hidratação. Sua fórmula de rápida absorção, com Aloe Vera, cuida da pele e proporciona o equilíbrio ideal entre hidratação, suavidade e perfume.

Read Full Post »

O mês de junho é marcado por fogueiras, danças, comidas típicas e muitas bandeirinhas em todo o país. As festas juninas são realizadas em todas as regiões do Brasil e representam uma das manifestações culturais mais expressivas do nosso povo. No dia 13 foi comemorado o dia de Santo Antônio, o Santo Casamenteiro, e as próximas festas homenageiam São João (24 de junho) e São Pedro e São Paulo (29 de junho).

Festa+Junina+2009+olinda

Junto com as homenagens aos santos, vêm também as festas juninas e suas guloseimas deliciosas (e nem sempre saudáveis). A boa notícia é que dá para aproveitar a festa sem descuidar da saúde.

É importante lembrar que já estamos no inverno e neste período nosso organismo tem um gasto maior de energia para manter a temperatura corporal. A fim de compensar o que é gasto, aumentamos a ingestão de alimentos, principalmente os mais calóricos. Nas festas juninas, temos a oferta de canjica, cocada, pé-de-moleque e cuzcuz, e até mesmo o consumo de bebidas alcoólicas aumenta, com os quentões.

O Mundo Verde oferece algumas dicas de produtos que podem substituir os doces tradicionais, sendo muito mais saudáveis e com sabor garantido para que sua festa junina não passe em branco:

  • Pé-de-moleque diet Flormel

Saboroso doce de amendoim, sem adição de açúcar, sendo adoçado com edulcorante sucralose. Enriquecido com goma acácia, uma fibra 100% natural e orgânica. Não contém glúten.

pé-de-moleque-flormel

  • Cocada diet Flormel

Enriquecida com fibra 100% natural e orgânica, adoçada com edulcorante sucralose, não contém glúten.

Cocada Flormel

Aproveite as festas! Esta semana vamos dar também algumas dicas para manter o peso no inverno, fiquem ligados no Blog!

Read Full Post »

Hoje vamos indicar mais alguns produtos das lojas da Rede Mundo Verde, ideais para equilibrar a alimentação e diversificar o cardápio.

Arroz Ráris 7 Cereais

O Ráris® 7 Cereais Integrais é uma mistura de 7 cereais (Arroz Integral, Arroz Selvagem, Trigo Integral, Aveia Integral, Cevada, Centeio e Triticale) que é ótima para uma alimentação balanceada. Pode ser associado a frutas, verduras e legumes – de preferência orgânicos.

arroz-raris3

O arroz Ráris também é fonte de vitaminas e minerais além de fitonutrientes antioxidantes. Pode ser usado para acompanhar legumes, quiches, aves e peixes, substituindo o arroz comum, e também em risotos ou saladas.

Farinha de Banana “De Aloe”

A Farinha de Banana é um complemento alimentar saboroso, de alto valor nutritivo, energético e rico em fibras. Pode ser usada no preparo de mingau, pães, bolachas, bolos, tortas, doces, sorvetes, empanados e pizzas doces. A banana contém 37% de amido resistente, carboidratos cujas propriedades fisiológicas são semelhantes às das fibras.

farinha-de-banana1

A Farinha de Banana “De Aloe” é elaborada a partir de bananas desidratadas e moídas, em um moderno processo tecnológico que preserva seus nutrientes.

Doces Aledora

Os Doces Aledora são saborosos e podem ser consumidos por diabéticos, pois são sem adição de açúcar – são adoçados com sucralose, um edulcorante não calórico. 60% de sua elaboração é feita com leite desnatado, o que reduz também a quantidade de gordura do doce. Além disso, são 33% menos calóricos que os doces de leite convencionais. Uma ótima opção para a aquela vontade incontrolável de comer um doce!

doces-aledora

Boa segunda-feira a todos e experimentem as dicas durante a semana!

Read Full Post »

Nas lojas da Rede Mundo Verde é possível encontrar produtos naturais e orgânicos que fazem um bem para saúde e ainda diversificam o cardápio diário. Seguem duas dicas de produtos que podem acompanhar um lanche no café da tarde ou mesmo uma refeição: 

Paçoca de Soja – Só Soja

A paçoca é um doce tradicional brasileiro. Nesta receita o amendoim é substituído pela soja, originando um produto de alto valor nutritivo além de muito saboroso. A soja é fonte de proteínas, fibras, vitaminas do complexo B e isoflavonas.

Paçoca de Soja - Um delícia!

Paçoca de Soja - Um delícia!

Por ser zero açúcar pode ser consumida por diabéticos e por pessoas que buscam manutenção do peso. Usado como sobremesa ou aperitivo pode ainda enriquecer receitas de vitaminas e bolos diversos.

Suco de frutas orgânicas – Maraú

Os alimentos orgânicos são produzidos sem agredir o meio ambiente, valorizando o homem e a natureza. Na agricultura orgânica, a terra é preparada e cultivada com fertilizante naturais, sem a utilização de adubos ou produtos químicos. O resultado é um alimento natural, rico em nutrientes, mais saudável, contendo em seus ingredientes uma filosofia de seriedade e respeito à natureza. Os sucos Maraú são produzidos à partir de frutas selecionadas, colhidas em pomares certificados. Cuidados em regiões e épocas certas, buscando assim mais qualidade, uniformidade de sabor e melhores característica nutricionais.

Sucos Maraú em diversos sabores

Sucos Maraú em diversos sabores

Gostaram das dicas?

Comentem e deixem suas sugestões de produtos que gostariam de ver no blog!

Read Full Post »

Os inúmeros benefícios do consumo da linhaça ganham destaque graças à Campanha da Linhaça da Rede Mundo Verde. Já falamos das principais características desse alimento funcional e também demos algumas dicas de consumo.

A nutricionista Flávia Morais, da Rede Mundo Verde, explica que a linhaça é um dos alimentos mais ricos em ômega 3. O sabor da linhaça lembra o da castanha, e ela é também uma opção sem glúten para fornecer nutrientes a celíacos, por exemplo.

Tipos de linhaça:

Embora não existam diferenças significativas na atividade antioxidante e na quantidade de nutrientes, existem dois tipos de semente de linhaça: a marrom e dourada.

A linhaça marrom, nativa da região mediterrânea, já está adaptada ao solo brasileiro e ao clima quente e úmido. Apresenta casca um pouco mais dura e resistente, o que pode diminuir a biodisponibilidade dos seus nutrientes.

A linhaça dourada cresce em climas mais frios. Geralmente é importada do Canadá. Tem a casca mais fina e seu sabor é mais suave do que o da linhaça marrom.

Para todos os gostos:

Na Rede Mundo Verde você pode encontrar a linhaça em todas as suas formas de apresentaçaõ: semente, farinha, óleo e cápsulas. Também estão à disposição nas lojas informativos gratuitos que esclarecem os benefícios de seu uso. Aqui no blog você pode conhecer um pouco mais sobre as formas em que a linhaça pode ser encontrada para consumo:

Semente: Grão intacto, fonte de ômegas 3 e 6, lignanas e fibras. Para que estes nutrientes possam ser absorvidos deve ser triturada ou moída. Os ômegas se oxidam facilmente, então depois de triturada a linhaça deve ser guardada em pote bem fechado, opaco e sob refrigeração por até três dias. A semente também pode ser germinada e adicionada a sucos verdes.

Sementes de linhaça marrom

Sementes de linhaça marrom

Farinha: É obtida através das sementes de linhaça moídas. Boa fonte de fibras. Se a farinha for parcialmente desengordurada, terá menor teor de ômegas 3 e 6 (gorduras) e de lignanas se comparada à semente inteira.

Farinha de linhaça utilizada para molho de salada

Farinha de linhaça utilizada para molho de salada

Óleo: É extraído da prensa das sementes de linhaça, rico em ômega 3 e ômega 6. Prefira os 100% integrais e naturais, obtidos por uma única prensagem a frio, sem aditivos ou solventes. A exposição ao calor, à luz e ao oxigênio provoca oxidação dos óleos, por isso é importante escolher os não refinados embalados em garrafas à prova de luz (opacas).

Cápsulas: Uma forma de suplementar a dieta com ômega 3. O óleo de linhaça é encapsulado, tornando mais prática sua administração. Como qualquer alimento encapsulado, precisa de registro no Ministério da Saúde que garanta sua qualidade.

Cápsulas de linhaça prontas para o consumo

Cápsulas de linhaça prontas para o consumo

A linhaça ainda pode ser encontrada na composição de barras de cereais, biscoitos, bolos, granolas.

E você, já escolheu como vai consumir a linhaça hoje?

Read Full Post »

Older Posts »